#compartilhe

Vale-tudo da reforma trabalhista aumenta o despotismo patronal

Deputada Benedita da Silva (PT-RJ) expõe, em artigo no jornal “O Globo”, todas as mazelas trazidas pelo desmonte da lei trabalhista trazida por Temer.

Publicada em 15/02/2018, 12:29

Full geisa4

A Reforma Trabalhista posta em prática pelo governo ilegítimo de Michel Temer conseguiu atingir, de uma só tacada, direitos consagrados previstos na CLT (Consolidação das Leis do Trabalho), os avanços progressistas da Constituição de 1988 e o legado de inclusão social do governo Lula, como é o caso da valorização real do salário mínimo. É o que explica artigo da deputada federal Benedita da Silva (PT-RJ), publicado no jornal “O Globo” nesta segunda-feira (12).

Conforme explica a parlamentar petista, a lógica principal da reforma de Temer é arrancar os direitos trabalhistas da legislação e deixar que patrão e empregados passem a negociar livremente as condições de contratação. Ora, não é preciso pensar muito para perceber que isso vai gerar negociações desiguais, em que é o trabalhador quem terá que ceder ao que o patrão quiser.

“Colocar diretamente o trabalhador numa “negociação” com o patrão seria o mesmo que esperar algum equilíbrio numa suposta negociação do lobo com o cordeiro. Sem o respaldo do sindicato, esvaziado pela reforma trabalhista, o trabalhador fica sem força diante do patrão. E a situação é ainda pior, dado o grande número de desempregados disputando sua vaga”, esclarece Benedita da Silva.

O que a deputada explica é tão óbvio que a Reforma Trabalhista foi aprovada a toque de caixa, sem que os parlamentares da base de Temer tivessem se animado a defender a reforma em discursos em plenário. “A reforma trabalhista é tão prejudicial ao trabalhador que foram poucos deputados e senadores da base governista que tiveram a coragem de falar em sua defesa. Quem iria defender uma reforma que obriga a mulher grávida a trabalhar em local insalubre?”, indaga Benedita.

Por fim, a deputada assim resume a posição dela e do PT em relação ao desmonte trabalhista promovido por Temer: “Evidentemente que não somos contra reformas nem o aperfeiçoamento das leis, desde que estejam a serviço do desenvolvimento social e não do retrocesso histórico, como é o caso da reforma trabalhista. Não podemos concordar com uma reforma que retira os direitos trabalhistas recém-conquistados pelas trabalhadoras domésticas, uma numerosa categoria que sempre esteve submetida à herança do trabalho escravo.”

 

Fonte: Portal PT de Notícias


Veja mais

Thumb geisa1

Reforma

Nova Lei Trabalhista compromete saúde das gestantes e do bebê


Thumb economia

Geopolítica do golpe: da descoberta do pré-sal à entrega do país


Thumb geisa3

Ilegal

Oposição pede fim de acordo que lesa o Brasil em bilhões


Thumb sinara meireles

Água e luz

Água e luz: restrição ao consumo preocupa o País


Thumb geisa1

Economia

Todos perdem com a reforma da Previdência de Temer


Thumb pt6

Desemprego

Índice dos que desistiram de buscar emprego atinge recorde


Thumb campanha trt

TRT/PI realizará Ato Público em defesa dos direitos trabalhistas e das conquistas sociais


Thumb geisa9

Discurso

“Temer está cometendo uma fraude no salário mínimo”, diz Lindbergh


Thumb pt9

Sabatina

Haddad: é preciso reforma fiscal e tributária para sair da crise


Thumb geisa2

Mobilização

Aumenta adesão à Greve Geral contra reforma da Previdência


Thumb geisa3

Prejuízos

Privatizar o setor elétrico trará danos ao País, alerta Paulão


Thumb 143602 1

Trabalho Doméstico

Em 11 anos, salário de trabalhadores domésticos dobrou


Thumb salario

Reajuste

Salário mínimo tem menor reajuste em 24 anos


Thumb dsc 0003

Decisão

Após ação civil pública do vereador Dudu, multas são suspensas em Teresina


Thumb gasolina

Economia

Com Michel Temer gasolina sobe 30% em seis meses


Thumb 38452979694 f5b2294379 z

Proposição

Projeto da senadora Regina Sousa preserva direitos trabalhistas antigos


Thumb 29032010dinheiro016

Renda do trabalhador

Renda do trabalhador cresce mais de 33%


Thumb led campo maior

Senado aprova iluminação de LED em Campo Maior


Thumb jerome valcke 1200

Fifa investe no Brasil

Fifa investe US$ 100 mi no futebol brasileiro


Thumb ato fora temer

Ato unificado Fora Temer em Teresina